Dicas de como usar chapéu com bolsas valentino

O uso do chapéu é uma questão de costume, pois, além de ser descolado, o chapéu ajuda a proteger o rosto do sol. Esses modelos possuem proteção UV e abas maiores, mas existem os mais abertos ou com abas um pouco menores para usar nas cidades.  

Assim, os chapéus podem ser combinados com diferentes looks. Eles podem ser encontrados em modelos e materiais diferentes, mas não podem ser usados em todos os lugares.

Tipos de chapéu 

 Os chapéus mais utilizados são:

Chapéu de palha e bolsa valentino   

A palha sempre está presente nas praias, mas também pode ser encontrada nas ruas das cidades e em todas as estações. Os chapéus feitos com esse material ajudam a criar composições muito interessantes e charmosas. Mas, além disso, ele vai ajudar a ajudar na proteção contra os raios de sol.  

Ele combina com bolsas de diversos tamanhos e formatos, sendo que a mais indicada para usar na praia é a bolsa valentino Tote Garavani Grand Plage. Essa bolsa é a bolsa transparente da nova coleção da grife, que conta com alças de mão, acabamentos em couro, logo estampado, os rebites e uma bolsa carteira removível.     

Chapéu Fedora  

O chapéu é parecido com o panamá, mas é feito com feltro e combina com diversos estilos. Ele proporciona uma pitada de sofisticação e de boemia, podendo ser usado com calças e saias longas.  

Chapéu Floppy  

O modelo Floppy possui abas grandes com uma copa bem arredondada, ficando bem em um estilo mais romântico e despojado. Ele foi muito popular na era hippie, sendo é uma boa escolha tanto para climas mais quentes quanto em looks para dias frios com casacos longos.  

Chapéu Panamá  

O chapéu panamá é, na verdade, do Equador e feito de cores claras e tramas fechadas com palha da Carludovica palmata. Ele é bem popular nas praias brasileiras e combinam com qualquer visual. Normalmente, esse modelo fica bem em um estilo mais esportista ou casual. 

Chapéu Coco  

Esse modelo surgiu no fim do século XIX, apresentando uma copa mais redonda e abas curvas. Para usá-lo é precisa ser mais ousado e despojado, para usar em ocasiões como passeios e shows, seja no inverno ou verão.  

Chapéu Clochê  

Surgido nas décadas de 20 e 30, o Clochê foi bastante popular entre as mulheres mais independentes da época. Ele é parecido com um sino de abas caídas e combina com um estilo mais romântico em eventos noturnos.   

Modelo do chapéu e os tipos de rosto  

Na hora de escolher o chapéu, é importante saber que cada um se adapta melhor com um certo tipo de rosto. Por isso, é preciso avaliar o seu formato antes de comprar.  

Chapéu para rosto oval  

Para quem possui rosto da forma oval, com bochechas maiores e um queixo mais estreito fica bem com chapéus de aba e copa sejam de tamanhos proporcionais. Já os chapéus de nem com a aba muito grande ou muito pequena, devem ser evitados. Sendo assim, o ideal é não usar o coco ou floppy .  

Rosto redondo  

Quem possui um rosto redondo ficam bem com chapéus de copa mediana e alta, com abas proporcionais ao tamanho da copa. O modelo clochê não é recomendado.  

Rosto quadrado  

Quem tem queixos e testas mais longos precisam usar modelos de abas mais largas e copas redondas, com tamanho mediano ou alta. O mais indicado nesse caso é o floppy.  

Rosto triangular  

Quem tem um queixo mais estreitos, com as outras partes do rosto mais largo deve usar um chapéu de copa e de abas arredondadas menores. Por isso, o recomendado é o tipo coco e fugir do modelo fedora e panamá.  

Dicas extras  

Na hora de combinar um look, o chapéu deve estar alinhado ao estilo da roupa. É muito importante levar em conta o estilo pessoal de cada um. Porém não se pode esquecer do horário e o local do em que vai para que tudo fique adequado. Além disso, é necessário que o chapéu também fique de acordo com o tipo de corpo. Por exemplo, uma pessoa que é mais baixa deve optar aquele que têm aba média ou curta.  

Os chapéus de copa alta e abas médias combinam com pessoas que estão acima do peso, dando uma aparência mais fina para o corpo. Quem possui uma pele mais clara fica bem chapéus mais claros. A pele mais morena fica bem com os chapéus que ajudam a criar um contraste, como amarelo, bege ou verde. Pessoas de cabelo crespo ou ondulado mais cheios devem usar aqueles que têm abas, por serem mais justos na cabeça, como o floppy, matinê e o panamá.  

Por fim, nenhum chapéu deve ser utilizado em locais fechados e na hora de sentar na mesa, e existem modelos para mulheres de todas as idades.

Se você gostou das nossas dicas e quer ver todos os modelos de chapéus, acesse nossa loja online https://www.achapeu.com.br/

Deixe um comentário